Olhares Só de ouvir, dá pra ver que é diferente!

May 16, 2018  

Neste episódio tentamos buscar o modo como as mães são vistas pela sociedade e como é possível (des)construir conceitos para formar pessoas mais participativas e humanas através da parentalidade positiva.

Nossas convidadas:

Ana Emilia Cardoso - escritora, autora dos livros Mamãe é Rock e Mamãe é Punk, faz parte do projeto Bonne Chance e da Start Up Canal Bloom

Luanda Barros Fonseca - educadora parental, autora do site No Drama Mom, também já foi idealizadora do projeto Manas e Mamas.

 

Caleidoscópio

Filmes Renascimento no Parto (filme 1 e filme 2)

Filme Capitão Fantástico

Episódio do podcast HQ da Vida sobre mães

Livros da Ana Cardoso - Mamãe é Rock e Mamãe é Punk

Instagram da Lua Fonseca e o curso de parentalidade positiva (sempre divulgados no instagram)

 

Outros links citados no episódio

Vídeos Julieta Jerusalinsky 

Intoxicações eletrônicas na primeira infância | Julieta Jerusalinsky

Melancolia na infância | Julieta Jerusalinsky

Podcast Talvez Seja Isso sobre o livro Mulheres que correm com lobos

 

Veja mais em: olharespodcast.com.br

00:0000:00
May 1, 2018  

Em abril, a seleção feminina de futebol conquistou o heptacampeonato da Copa América para o Brasil, mas adivinhe? Nenhum canal de televisão transmitiu. Enquanto isso, no Palácio do Planalto, parte da verba destinada a políticas de combate à violência contra a mulher era desviada para a secretaria de comunicação da presidência.

 

CONQUISTAS

Brasil conquista heptacampeonato da Copa América de futebol feminino

Moda e representatividade

Eleitores transgêneros e travestis poderão usar nome social

 

MULHERES E POLÍTICAS

Brasil, a lanterna no ranking de participação de mulheres na política

Mulheres nas prefeituras do Brasil

Governo da Costa Rica tem novo gabinete formado, em sua maioria, por mulheres

Governo Brasileiro passa dinheiro de combate à violência contra a mulher para a Secom

 

MULHERES E MERCADO DE TRABALHO

Projeto #EqualPayDay 

Islândia torna ilegal diferença de salários entre homens e mulheres

91% das brasileiras fazem tarefas domésticas contra 76% dos homens

Comissão do Senado aprova licença-maternidade de 180 dias

Link Citado pela Louise (Carga Mental)

 

VIOLÊNCIA DE GÊNERO

Cinco dos acusados pela morte da travesti Dandara são condenados

INCEL - Atentado Toronto , Aqui também

Publicitários usam fachadas para expor dados de violência doméstica em SP

 

 

#mulherespodcasters -  Podcast Oxigênio

Notícia Citada: Tese de ex-UnB é considerada a mais importante para a biologia no mundo

 

Créditos:
Apresentação: Aline Hack e Louise Arruda
Pesquisa e Pauta: Nayara MachadoLigia Lila e Fabris Martins.
Edição: Marcondes Saraiva.

00:0000:00
April 16, 2018  

Nesse episódio procuramos trazer para nossos ouvintes um pouco da realidade das mulheres indígenas brasileiras, quais suas principais pautas. Ter hoje uma candidata indígena à vice-presidência significa muito para esse movimento social, especialmente para as mulheres.

Falar de mulheres indígenas é dizer que há feminismo indígena? Essa foi a nossa principal dúvida, e você pode aprender um pouco mais sobre essa realidade aqui também.

 

Nossas Convidadas:
Braulina Aurora Baniwa da aldeia Baniwa, situada na fronteira do Brasil com a Colômbia e Venezuela, àno Alto Rio Negro/Guainía, estudante de antropologia na Universidade de Brasília e presidenta da Associação de Estudantes Indígenas da UnB.
Valéria Paye da aldeia Kaxuyana, situada na região Tucumaque, no Pará, na fronteira entre Brasil e Suriname, Bacharel em sociologia pela Universidade de Brasília.

 

Caleidoscópio
· Artigo da Livia Gimenes
· Livro Mulheres Indígenas
· Video #MenosPreconceitoMaisÍndio
· Video Voz das Mulheres Indigenas

 

Saiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.br

 

00:0000:00
April 1, 2018  

Março foi um mês fértil para as pautas feministas. Por causa do Dia Internacional da Mulher, no dia 8, muito se falou e fez para visibilizar a situação da mulher em diferentes esferas nos quatro cantos do planeta e nós do Olhares também fizemos a nossa parte para trazer as notícias mais importantes.

Links citados no episódio

Levantamento da Unicef

Mulher e mercado de trabalho

 O estudo “Estatísticas de gênero: indicadores sociais das mulheres no Brasil" do IBGE

Criação do Comitê de Defesa da Mulher

Dossiê Lesbocídio

Índices sobre ações de violência doméstica

Sobre nossa justiça machista

Machista passando vergonha: Itau e Microsoft

Cai o número de abortos Esse também https://www.nexojornal.com.br/expresso/2018/03/28/Por-que-a-m%C3%A9dia-global-de-abortos-est%C3%A1-em-queda-segundo-este-relat%C3%B3rio

Decisão STF sobre nome social de transgêneros e transsexuais

Mulheres ensinando programação: Soraya Roberta dos Santos e Podcast Podprogramar

Oscar e o termo Inclusion Rider ESSE NÃO FALAMOS

Indicação #mulherespodcasters - As Mathildas

 

Crossovers campanha #opodcastédelas2018

Divagandocast

Podcast Ficções (3minutos) Aline e Louise

Mongecast

Conexão Feminista

Dragões de Garagem

Viracasacas

Empoderacast

MIDCast

Papo Editado

Teologia de Boteco

Apenã e

HQ Sem Roteiro

00:0000:00
March 20, 2018  

Juntamente com o Podcast Ponto G, nos sentimos responsáveis por transformar esse programa em realidade para quem busca saber a exatidão dos fatos. Neste episódio, falamos sobre Marielle Franco, mulher, negra, mãe, feminista e socióloga, parlamentar que tinha orgulho de dizer que era "cria da favela". Nascida no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro, era referência na luta pelos direitos humanos. A mais recente conquista na área foi o mandato de vereadora na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, eleita pelo PSOL com 46 mil votos.

Assassinada, supostamente por saber demais e desqualificada pela oposição, através de falsas notícias e os boatos disseminadores de ódio, este programa apresenta um olhar verdadeiro com informações verossímeis sobre a vereadora e suas atuações.

Participantes desse episódio: Aline Hack, advogada feminista e ativista pelo Olhares PodcastIra Croft, host e produtora do Ponto G; e Beatriz Santos, carioca, mestre em literatura comparada e co-host do Ponto G.

Agradecemos também  à CONTAG e ao Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos pelas informações fornecidas para a construção desse episódio.

 

Recomendamos a leitura do Dossiê Lesbocídio - Nós: dissidências feministas para conhecer outras ativistas LGBTQ+ assassinadas em razão da sua sexualidade

 

 

Créditos

Apresentação: Ira Croft, Beatriz Santos e Aline Hack

Pauta: Beatriz Santos, Tupá Guerra, Fabris Martins, Ligia Lila e Aline Hack

Edição: Kyuu

00:0000:00
March 16, 2018  

Neste episódio gravamos a roda de conversa sobre a representatividade feminina, interseccionalidade e ativismo na Web, ocorrida na Livraria Cultura em comemoração ao mês da mulher.
Esse debate demonstrou que a mulher deve mostrar o seu poder e ser respeitada em todos os meios sociais!

Nossas convidadas

Lorena Monique é a estrela do canal Neggata, onde trata de vários temas e principalmente o Racial, estudante de ciências sociais na UNB e mora em Taguatinga.

Kika Sena é mulher trans e travesti, preta e periférica. É arte-educadora, atriz, performer, poeta e alagoana radicada em Brasília.

 

Caleidoscópio e links citados no episódio

Ouça mais em: olharespodcast.com.br

Música utilizada na abertura do Episódio:
I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license.
http://dig.ccmixter.org/files/grapes/16626 Ft: J Lang, Morusque

 

 

 

00:0000:00
March 15, 2018  

A morte de Marielle Franco escancara a realidade brasileira. Mulher, negra, defensora dos direitos humanos, ativista de esquerda. Ser tudo isso é um crime, uma voz devia ser calada. Não deixaremos que isso aconteça. Quiseram calar Marielle, mas não vamos permitir. Aqui estão nossas vozes, nossos pensamentos e sentimentos e, principalmente, a voz da Marielle. Marielle, presente, agora e sempre.

Podcasts Participantes:

Apenã
Ponto G
Tianix
Olhares
Viracasacas
Eduardo Cavalcanti (PSOL-Recife)
Felipe Pinheiro
Teologia de Boteco
Chutando a escada

00:0000:00
March 8, 2018  

Nesse episódio fizemos nossos melhores momentos do Olhares pra dizer o que nos chamou mais atenção, o que sentimos fazendo o episódio, qual parte gostamos demais. Então se você chegou agora e quer um compilado do que rolou aqui, cola nesse episódio, procura uma boa louça pra lavar, um trânsito gigante para vencer ou um treino novo da academia pra encarar.

 

Porque hoje é o aniversário do Olhares! Vem comemorar com a gente esse ano cheio de trocas e experiências!

 

Música utilizada na abertura do Episódio:
I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license.
http://dig.ccmixter.org/files/grapes/16626 Ft: J Lang, Morusque

00:0000:00
March 1, 2018  

O mês do carnaval foi marcado por manifestações brilhantes e coloridas, entre plumas e paetês; e uma grande conquista no judiciário que deve afetar cerca de 4 mil mulheres em todo o país. Mas como nem tudo é festa, também tivemos casos de abusos e truculências protagonizados por policiais e juízes.

 

Links citados no episódio

 

Mulheres na Chefia e Internacional

Lei Escócia que exige 50% em postos diretivos públicos

Goldman Sachs anuncia Maria Silvia como presidente

Woman4Climate e suas Heroínas do Clima

Mulheres protestam com hijab

 

Educação e racismo

De origem humilde, aprovada em medicina tira 1000 na redação do ENEM

Discurso na PUC da Estudante de Direito

Judoca Rafaela Silva vítima de racismo

 

Justiça Brasileira e Direitos Humanos

Laurita Vaz nega pedido de Lactante

Mulher com bebê de 3 dias detida

STF concede Prisão Domiciliar para presas grávidas, lactantes ou com filhos de até 12 anos

 

Carnaval e Resistência

Blocos feministas de Sobral  e do Rio

Aulas UnB contra o Golpe de 2016

 

Episódios do Olhares Citados

Precisamos de Falar sobre Feminismo Negro

Mulheres no Sistema Prisional

Mulheres Quilombolas e suas lutas

Aniversário das Mathildas

 

Sorteio no Instagram

 

#mulherespodcasters

Mulheres Podcasters é uma hashtag criada por iniciativa do Podcast Programa Ponto G para divulgar o trabalho de mulheres na mídia podcast e mostrar para todo ouvinte que sempre existiu mulheres na comunidade de podcasts Brasil. E o Olhares Podcast apoia essa iniciativa.

Indicação #mulherespodcasters - Apenã, pensando o amanhã

00:0000:00
February 16, 2018  

Neste episódio falamos da importância do movimento social na escola para o empoderamento de meninas e meninos. Falamos também da necessidade de afastar o machismo e a desconstrução das masculinidades tóxicas por ele impostas.

As ações afirmativas do feminismo na escola podem refletir não só na configuração familiar, mas na própria vida das crianças e adolescentes, acarretando uma verdadeira prevenção por conta do alerta criado pela percepção desses.

Nossas convidadas

Gina Vieira - Professora, Coordenadora do Projeto Mulheres Inspiradoras
Rayane Soares - Coordenadora do Movimento Jovem de Expressão

Caleidoscópio

 

Música utilizada na abertura do Episódio:
I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license.
http://dig.ccmixter.org/files/grapes/16626 Ft: J Lang, Morusque

00:0000:00

- Older Posts »