Olhares Podcast feminista que tem como escopo desconstruir a visão do mundo sobre as mulheres e atribuir novos olhares. Engajar-se com o feminismo é perceber diferenças onde não deveriam existir e lutar para estas não se perpetuem. Os episódios são quinzenais. Só de ouvir, dá pra ver que é diferente! http://olharespodcast.com.br.

Como o machismo se manifesta em tempos de Corona Vírus? Neste episódio falamos sobre como se comportam as pessoas dentro de grupos de whatzapp e quem está trabalhando nestes tempos, seja em casa ou no trabalho. Em uma análise precisa, falamos sobre como os estereótipos de gênero se manifestam e qual a interpretação que estes memes que estão aparecendo nos grupos fortalecem discursos machistas que prejudicam e até violentam as mulheres. Se você quiser ver os memes citados no episódio, clique no botão abaixo para baixar o arquivo em PDF.

Baixe aqui o arquivo

Nossa Convidada

Valeska Zanello - Doutora em Psicologia, psicóloga e bacharel em filosofia. Pesquisa o tema saúde mental e gênero, tendo como foco as mulheres. Autora de vários artigos, capítulos e livros. Professora do Departamento de Psicologia Clínica, na Universidade de Brasília. Orientadora de mestrado e doutorado no Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica e Cultura/UnB.

Caleidoscópio

Links citados no episódio

Relatos de aumento de violência doméstica na China e no Rio de Janeiro 

SE VOCÊ É PODCASTER, RESPONDA À PESQUISA DE #MULHERESPODCASTERS

Nosso agradecimento especial aos padrinhos e madrinhas: 

Alice dos Santos Silva, Aristoteles Homero dos Santos Cardona Junior, Barbara Miranda, Beatriz Sabô, Carolina da Silva Herrera, Denise Cortês Dantas, Diego Lemos de Resende, Elisa Costa Cruz, Fabris Martins, Geovane Monteiro Pedrosa, Giulia Losnak, Gleyce Marcia Prazeres, Izabel Lima, Jean Carlos Oliveira Santos, Julia Yoshino, Luizy Aparecida da Silva Carlos, Marcia Costa, Paloma Silva Galvão, Rafael Cavalcanti, Renata de França Lima, Rodrigo Candido Azevedo e Tássia Gimenes.

Apoie o Olhares em: padrim.com.br/olhares

Saiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.br

Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque

November 28, 2019  

O feminismo negro juntamente com estudos decolonizadores têm colocado as mulheres que há muito escrevem e debatem a questão da mulher negra na sociedade em evidência. Este ano, Angela Davis e Patricia Hill Collins vieram ao Brasil e enalteceram escritoras brasileiras como Lelia Gonzales, Celi Regina Jardim Pinto, Sueli Carneiro, Djamila Ribeiro, Beatriz Nascimento e tantas outras que há muito lutam pela emancipação da mulher negra no cenário nacional.

Houve também a vinda de Silvia Federici que polemizou o trabalho da mulher, e é sobre isso que vamos falar neste episódio. Um trabalho que não é valorizado e ainda é algo remanescente do período que muitos corpos foram escravizados.

Para este período dos 16 dias pelo fim da violência contra mulheres e meninas, gostaríamos de falar sobre este tema, ainda tão pouco explorado dentro do recorte feminista.

Nossas Convidadas

Thais Cardoso - Coordenadora geral da Frente Negra de Ciência Política - UnB

Luisa Batista- Presidenta da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas - FENATRAD

Caleidoscópio

Nosso agradecimento especial aos padrinhos e madrinhas: 

Alice dos Santos Silva, Marcia Costa, Jean Carlos Oliveira Santos, Carolina da Silva Herrera, Barbara Miranda, Aristoteles Homero, Fabris Martins Cruzeiro, Geovane Monteiro Pedrosa, Ligia Lila, Denise Cortês Dantas, Gleyce Marcia Prazeres, Giulia Losnak, Izabel Lima, Beatriz Sabô, Tássia Gimenes, Renata de França Lima, Elisa Cruz, Rodrigo Azevedo e Rafael Cavalcanti. Seu apoio é fundamental para a continuidade do nosso projeto.

Saiba mais sobre o Olhares em olharespodcast.com.br

Apoie nosso projeto em padrim.com.br/olhares

Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque

December 31, 2018  

Esse episódio é um especial de fim de ano, com a fala de nada menos que trinta mulheres podcasters sobre temas caros a respeito da produção de podcasts, representatividade, sororidade, resistência e ativismo. Aproveitamos este espaço para apresentar mulheres que resistem na podosfera e seu trabalho.

Todas, sem exceção, sempre acreditaram no conteúdo do Olhares e são parceiras nesse espaço que ainda é muito privilegiado para tantos, e hostil para outras, só que na Podosfera, ninguém solta a mão de ninguém.

 

 

Apresentação: Aline Hack

 

Convidadas (pela ordem do episódio):

 

 

 

Espetáculo Insconscientemente

 

Saiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.br

 

Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque

 

December 24, 2018  

O que são políticas públicas e como elas funcionam? Ouvimos a todo momento falar desta ação estatal, mas pouco nos damos conta de como ela realmente é criada e aplicada para a sociedade em geral. Neste episódio, conversamos com duas mulheres que ajudam a elaborar estes conjuntos de programas, ações e atividades desenvolvidas pelo Estado, seja com a pesquisa, seja com o treinamento de pessoas. Juntas, construímos neste episódio o entendimento para demonstrar como a ação na internet pode influenciar diretamente a atuação do Estado, e como os conteúdos de mídia na prevenção de violências têm aplicação direta nas relações humanas offline.

 

Caleidoscópio

Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência - CRAMSV

Disque 180

InternetLab no Facebook e no Twitter 

Mariana Valente no Twitter 

Artigo na Revista Sur Elas vão feminizar a internet? 

Podcast Caixa-Preta 

 

Saiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.br

 

Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque

December 17, 2018  

A internet é um grande espaço de fala e expressão, mas você está protegida? Expor suas ideias e posicionamentos traz uma série de consequências, entre elas a invasão da sua privacidade. Não devemos nos calar, mas precisamos nos proteger. Neste episódio falamos sobre os riscos de se expor na rede e também sobre medidas que podem ser tomadas para evitar essas tentativas de silenciamento das falas engajadas das mulheres.

 

Nossas convidadas
Fershira e Nanda, Facilitadoras de segurança digital.

 

Caleidoscópio:

Guia Prática de Estratégias Táticas para Segurança Digital Feminista

MariaLab - Coletiva Hacker Feminista 

Servidora Feminista - Vedetas 

Tem Boi na Linha - Guia prático de combate à vigilância na internet 

Coding Rights 

Tactical Tech 

My Shadow 

Safer Manas 

Kefir, cooperativa feminista

XKCD Password Generator Tabajara 

Fuxico 

 

Saiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.br

 

Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque

December 10, 2018  

O feminismo pode ser transformador por meio do discurso. Denunciar não é somente dar fim a uma situação de violência: pode ser o início de todo um processo de modificação social, por meio de diversas plataformas. Neste episódio convidamos dois coletivos que denunciam a violência de gênero: o primeiro é um aplicativo que acolhe e direciona, o APP Mete a Colher denuncia violências privadas; o segundo, Coletivo Deixa Ela em Paz, é uma plataforma de existência, que denuncia as opressões de ser mulher no espaço público.
Juntas, em um diálogo importante, direcionam o discurso para que canal de denúncia e acolhimento é principalmente um canal de informação para desconstruir o tabu que ainda é a violência contra mulher.

Nossas convidadas

Renata Albertin - APP Mete a Colher
Manuela Arruda - Coletivo Deixa Ela em Paz

Caleidoscópio e links citados no episódio

Saiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.br

Música utilizada na abertura do Episódio: I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license. Ft: J Lang, Morusque

 

December 3, 2018  

No segundo episódio da nossa campanha de #ativismonaweb, falamos sobre acolhimento virtual às mulheres vítimas de violência.

Para isso, convidamos Rose Leonel e Larissa Schmillevitch, das ONGs Marias da Internet e Mapa do Acolhimento, que representam duas organizações muito importantes neste seguimento, auxiliando mulheres e meninas que já estão em situações de violência.

Em nossa conversa, falamos também sobre as dificuldades no acolhimento, a necessidade de se tratar as mulheres de forma interdisciplinar e como podemos promover confiança às vítimas com sensibilidade de gênero.

 

Nossas convidadas

 

Larissa Schmillevitch - psicóloga, integrante do Mapa do Acolhimento
Rose Leonel - psicóloga, criadora da ONG Marias da Internet

 

Caleidoscópio

 

Saiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.br

 

 

Música utilizada na abertura do Episódio:

I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license.
http://dig.ccmixter.org/files/grapes/16626 Ft: J Lang, Morusque

November 26, 2018  

Damos início à campanha do #ativismonaweb do Olhares, este é o primeiro de seis episódios temáticos e estratégicos. Procuramos construir as etapas necessárias dentro do ativismo na web para prevenir a violência contra mulheres e meninas no ambiente offline: informação, acolhimento, denúncia, políticas públicas e segurança. 

Neste episódio, falamos com a ONG Nossas, responsável pelo Robô Beta no Facebook, e o Coletivo Não Me Kahlo, as  mobilizadoras da hashtag #meuamigosecreto e também editoras do livro que leva o mesmo nome.

Informação é o primeiro passo para combater a violência. É por meio deste instrumento que tomamos ciência da existência de algo que nos incomoda, nos oprime e nos silencia. Informação é essencial para traçar estratégias e caminhos para o fim de uma situação de violência. Não é fácil, mas é uma arma poderosíssima.

Conheça neste episódio como ONGs no Brasil estão se mobilizando para trazer informações sobre nossa luta contra a violência de gênero.

Nossas convidadas:

Bruna Leão - Coletivo Não me Kahlo
Laura Molinari - Coletivo Nossas e Robô Beta

Caleidoscópio:

Nossas 

Campanha Ninguém Fica Pra Trás 

Robô Beta 

Não Me Kahlo Twitter e Facebook

Livro #meuamigosecreto 

 

Saiba mais sobre o Olhares e sobre a campanha em: olharespodcast.com.br

 

Música utilizada na abertura do Episódio:

I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license.
http://dig.ccmixter.org/files/grapes/16626 Ft: J Lang, Morusque

November 19, 2018  

A relação percebida pela maioria dos profissionais de saúde, que a violência acarreta prejuízo à saúde mental das pessoas e ajuda na configuração dos transtornos mentais, tem sido discutida em diversos estudos. As mulheres vítimas de violência têm mais chance de desenvolver diagnósticos de depressão, ansiedade, insônia e fobia social, entre outros. Esse dado se confirma em diversos estudos, que apontam que mulheres que sofreram violência chegam 11 vezes mais aos serviços de saúde mental do que mulheres que não passaram por essa situação.

Nossas Convidadas

Valeska Zanello - Professora do Departamento de Psicologia Clínica da UnB, Coordenadora do grupo de pesquisa em saúde mental e gênero, com foco em mulheres, e interseccionalidade com raça e etnia, do CNPQ
Nayara Teixeira - Bacharela em direito, Mestra em Psicologia pela UnB e Servidora do Ministério Público Federal.

Caleidoscópio

  • Site Saúde Mental e Gênero da Professora Valeska Zanello 
  • Livro Saúde Mental, Gênero e Dispositivos. Cultura e Processos de Subjetivação (Valeska Zanello)
  • Associação das Advogadas Pela Igualdade de Gênero, Raça e Etnia - Facebook e Instagram

Saiba mais sobre o Olhares em: olharespodcast.com.br

 

Música utilizada na abertura do Episódio:

I dunno by grapes (c) copyright 2008 Licensed under a Creative Commons Attribution (3.0) license.
http://dig.ccmixter.org/files/grapes/16626 Ft: J Lang, Morusque

November 16, 2018  

Violência de gênero mata. Participe da nossa ação e prove que ativismo online também tem força para mudar o mundo offline.

O calendário oficial da campanha tem início no dia 20 de novembro no Brasil – Dia da Consciência Negra - e em 25 de novembro no resto do mundo, o Dia Internacional pela Não Violência contra a Mulher. Enquanto o mundo inteiro releva a pauta da violência de gênero em canais offline, aqui no Brasil o #reforço deste enfrentamento é feito também nas redes sociais.

Saiba mais sobre a campanha #ativismonaweb em olharespodcast.com.br e acompanhe nossos episódios em todos os agregadores de podcasts: itunes, deezer, spotify, google podcasts e ubook.

Clique aqui e faça o download de todo o material da campanha. 

Se você é apenas ouvinte e não produz conteúdo na web, pode manifestar seu apoio nas redes com nossa campanha em sua foto de perfil por este link para foto no formato quadrado ou por este para foto no formato redondo.

Contamos com a participação de todos e todas!

- Older Posts »