Olhares Podcast feminista que tem como escopo desconstruir a visão do mundo sobre as mulheres e atribuir novos olhares. Engajar-se com o feminismo é perceber diferenças onde não deveriam existir e lutar para estas não se perpetuem. Os episódios são quinzenais. Só de ouvir, dá pra ver que é diferente! http://olharespodcast.com.br.

September 6, 2017  

Os crimes de estupro ultrapassam todo um contexto jurídico. O próprio conceito de estupro foi construído ao decorrer dos anos, seja juridicamente, seja culturalmente, seja socialmente.  Precisamos entender o estupro como algo que atinge um grupo, que é principalmente formado por mulheres e, ainda, que a criatividade humana ultrapassa todos esses conceitos. Seria isso parte de uma cultura do estupro? Mas, afinal, cultura não deveria ser coisa boa? Peraí, precisamos sair do senso comum pra perguntar: o que é cultura?

** Para saber mais: nós começamos essa discussão no #EP 04 sobre violência de gênero
 
Nossas Convidadas

Liz-Elainne de Silvério e Izis Morais Lopes dos Reis 

Caleidoscópio
  • Hope (Whish – So-won)
  • Sou Comum – Chloé Fontaine
  • Filme Spotlight – segredos revelados
  • Filme The India’s Daughter
  • Livro #Meu amigo secreto, do coletivo Não Me Kahlo
  • Lia Zanotta Machado – Sexo, estupro e purificação
  • Rita Laura Segato – A guerra contra as mulheres
  • Lia Zanotta Machado –  Violência conjugal: os espelhos e as marcas
  • Eliane Reis de Andrade – Os (não) limites entre o público e o privado em tempos de convergência midiática: o estupro coletivo no Rio de Janeiro entendido como um acontecimento.
  • Débora de Carvalho Figueiredo. Vítimas e vilãs,“monstros” e “desesperados”: como o discurso judicial representa os participantes de um crime de estupro.

 

Saiba mais sobre nós em http://olharespodcast.com.br

00:0000:00
Share | Download(Loading)